terça-feira, 8 de agosto de 2017

Benny Carter

(Nova Iorque, 8 de agosto de 1907)


Benny Carter clicado por Jan Persson, Copenhagen, 1966

Multi-instrumentista e compositor, Benny Carter primeiramente tocou sax-alto e trompete, depois tocou sax-tenor, clarineta, trombone e piano. Devido a sua versatilidade começou escrevendo arranjos para Duke Ellington e depois para o cinema e mais tarde escreveu para seriados na televisão. Depois da música para filmes e TV, Carter voltou ao jazz. Com seu som puro, pleno de elegância e precisão, foi a principal influência na consolidação do estilo de Cannonball Adderley. Gigante do jazz é um termo imediatamente recebido com ceticismo, mas Benny Carter preenche o papel melhor do que a maioria. Benny Carter já havia sido um grande músico de jazz por quase 30 anos quando gravou 'Jazz Giant' com contribuições notáveis. 'Jazz Giant' é um disco excepcional, uma relíquia de uma era passada quando o balanço de Kansas City estava em seu auge. A faixa 'A Walkin' Thing' é excepcional com solos extraordinários. 

Do álbum 'Jazz Giant' (1958)

Sax Alto – Benny Carter
Sax Tenor – Ben Webster 
Piano – Jimmy Rowles 
Guitarra – Barney Kessel
Trombone – Frank Rosolino 
Baixo – Leroy Vinnegar
Bateria – Shelly Manne

Benny Carter - A Walkin' Thing

Nenhum comentário:

Postar um comentário